A aposentadoria pode ser bloqueada se não fizer prova de vida?

a-aposentadoria-pode-ser-bloqueada-se-nao-fizer-prova-de-vida?

O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), para evitar fraudes, realiza todos os anos uma prova de vida com os aposentados e pensionistas.

Essa prova de vida é exigida de todos os que recebem benefícios de seguro social por meio de conta corrente, poupança ou cartão magnético.

A prova de vida havia sido suspensa pelo INSS no ano passado devido à pandemia da Covid-19.

No entanto, desde junho deste ano, o Instituto voltou a exigir a comprovação de vida Para não ter o pagamento suspenso, as provas já vencidas devem ser realizadas novamente até as datas limite, que constam em uma tabela do Ministério da Economia e do INSS.

Segundo estimativas do INSS, cerca de 11 milhões de pessoas se encontram em situação de pendência, número bem alto pois corresponde a 1/3 dos beneficiários.

Como fazer a prova de vida?

Devido a pandemia, aposentados que não desejarem ir às agências bancárias, podem realizá-la através do celular ou pela internet pelo aplicativo Meu INSS.

Alguns bancos permitem que a validação seja feita por biometria nos próprios aplicativos. E quem puder e quiser pode atualizar nos caixas eletrônicos.

Uma outra opção, para aqueles que não puderem ir ao banco por motivo de doença ou dificuldades de locomoção, é fazer a prova de vida por meio de um procurador. Mas, para isso, é preciso que a procuração seja cadastrada no INSS.

Designed by @bilahata / freepik

A prova de vida por procuração também é uma boa opção para os beneficiários que moram no exterior.

Em último caso, se o cidadão não conseguir realizar a prova de vida diretamente na rede bancária ou através do aplicativo Meu INSS, deverá entrar em contato com a Central 135 para que seja agendado atendimento em uma Agência da Previdência Social.

O que acontece se não fizer a prova de vida?

Quem não realizar a prova de vida terá o benefício suspenso.

Para poder voltar a receber o benefício normalmente, o aposentado deve comparecer à agência na qual recebe o pagamento e realizar a comprovação de vida.

Uma vez feito isso, o pagamento será liberado na mesma hora. Mas o INSS alerta que é importante procurar o banco o quanto antes a fim de evitar maiores aborrecimentos.

Por: Ana Luzia Rodrigues

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *