quinta-feira , dezembro 14 2017
Home / Cíntia Alves

Cíntia Alves

TV diz que netos de Edir Macedo foram “roubados” da mãe biológica

Categoria: 

Justiça
 
Jornal GGN - A emissora de televisão portuguesa TVI publicou uma nova reportagem, na noite de terça (12), sobre a investigação por tráfico internacional de crianças envolvendo a Igreja Universal. A matéria revela que os três netos de Edir Macedo, na prática, foram "roubados" da mãe, que não autorizou nenhum processo de adoção. Elas foram levadas clandestinamente para os Estados Unidos, onde foram entregues para uma das filhas de Macedo.
 
De acordo com a reportagem, as crianças foram parar em um lar mantido pela Igreja Universal em Lisboa à revelia da Justiça por vários anos, depois de uma denúncia de que a mãe deixava os pequenos sozinhos em casa para trabalhar.
Imagens para texto

leia mais

Read More »

Falsa homenagem em viaduto encoberta mesquinhez e preconceito contra Marisa

Categoria: 

Artigos

Foto: Ricardo Stuckert

Jornal GGN - Ricardo Miranda publicou no portal Os Divergentes, nesta quarta (13), apontando que a homenagem que a Câmara de São Paulo fará colocando o nome de Marisa Letícia em um viaduto, na verdade, esconde "mesquinhez e preconceito" contra a ex-primeira-dama.

"Um desavisado dos tramites do projeto pode achar uma linda homenagem à mulher casada com Lula por 43 anos, morta em fevereiro deste ano, após um acidente vascular cerebral. A verdade é que a aprovação, em segundo turno, só ocorreu depois que vereadores concordaram com uma radical mudança no local. Para evitar polêmica com batedores de panela da Zona Sul de São Paulo, tiraram o nome de Marisa Letícia do local original da homenagem, a avenida na Chácara Santo Antônio, bairro nobre da capital – prolongamento da avenida Chucri Zaidan -, trocando-o por um viaduto em obras na região do M’Boi Mirim", apontou.

Imagens para texto

leia mais

Read More »

Procurador de Curitiba xinga CPMI da JBS, mas não esclarece caso Tacla Duran

Categoria: 

Justiça
Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - O procurador de Curitiba Carlos Fernando dos Santos Lima usou as redes sociais para xingar o relatório parcial da CPMI da JBS de "patético" e atacar os responsáveis pelo documento, os deputados Carlos Marun e Wadih Damous. Mas não teceu nenhum comentário sobre o motivo que o levou a ser citado na investigação que envolve a delação da Odebrecht: as denúncias feitas pelo advogado Rodrigo Tacla Duran.
 
Em poucas linhas, Lima limitou-se a dizer que "Carlos Marun e Wadih Damous são a melancólica face de um sistema político decadente. Ser mencionado no patético relatório da CPMI só pode ser considerado como um elogio, pois quem desperta a raiva dos vilões está no caminho certo."
Imagens para texto

leia mais

Read More »

Ministro de Temer recorre à Justiça para não ser vinculado à propaganda sobre nova Previdência

Categoria: 

Justiça
Jornal GGN - A juíza de Direito substituta da 16ª Vara Federal de Curitiba Beatriz Fruet de Moraes acolheu, em caráter liminar, um pedido do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e determinou que o Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado do Paraná e a União dos Policiais do Brasil retirem das redes sociais e de outdoors espalhados pela cidade algumas peças de propaganda contra a reforma da previdência.
 
Na ação, Barros sustentou que teve sua imagem ferida pela contra-propaganda que diz que "o projeto [da reforma] deles pode acabar com sua aposentadoria. Não deixe que eles ajam contra você. Não ao fim da aposentadoria."
Imagens para texto

leia mais

Read More »

TRF4 marcou julgamento durante férias do STF para fazer “chicana” com Lula, diz Aragão

Categoria: 

Justiça
Foto: Lula Marques
 
 
Jornal GGN - O ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão disse nesta quarta (13), durante encontro da bancada federal do PT, que o julgamento de Lula em segunda instância foi marcado para o dia 24 de janeiro de 2018, durante o recesso do Supremo Tribunal Federal, porque João Gebran Neto está com segundas intenções. "Ficará nas mãos das presidentes do STJ e do STF qualquer medida eventual (recursos). O relator [da ação no TRF-4] não está com boas intenções, quer fazer uma chicana", disparou Aragão.
 
Apesar da fala alarmista, Aragão tentou tranquilizar os petistas quanto a uma eventual prisão de Lula no caso da sentença do juiz Sergio Moro ser confirmada pelo trio de desembargadores que analisará o recurso do ex-presidente. O ex-ministro apontou que, recentemente, Gilmar Mendes tomou uma decisão no Supremo que abre precedente para que Lula recorra caso Moro ou o TRF4 decretem a prisão a partir do julgamento em segunda instância.
Imagens para texto

leia mais

Read More »

Lula: “Quero ser inocentado para ser candidato a presidente”

Categoria: 

Crise

Foto: Ricardo Stuckert

Jornal GGN - Em sua primeira manifestação após o julgamento do caso triplex em segunda instância ser agendado para janeiro de 2018, Lula afirmou que vai brigar com todos os recursos possíveis para provar que o caso triplex foi um processo sem provas, mais político que jurídico, encampado por uma parcela do Ministério Público e da Polícia Federal que estão esvaziadas de seu verdadeiro papel. "Vou brigar até as últimas consequências, porque sei que o objetivo é evitar que o PT volte para o governo."
Imagens para texto

leia mais

Read More »

Não se faz justiça no caso de Lula, diz Kennedy Alencar

Categoria: 

Análise

Foto: Ricardo Stuckert

 
Jornal GGN - O jornalista Kennedy Alencar publicou artigo nesta quarta (13) apontando que o Tribunal Regional Federal de Porto Alegre está agindo com casuísmo no caso triplex, acelerando o julgamento de Lula para interferir no processo eleitoral. "Se a Justiça é lenta, prejudica. Se acelera um caso por cálculo eleitoral, realiza uma interferência no processo político. Em ambas as situações, não se faz justiça", disparou.
 
"Juízes não devem fazer política. Quando interferem no processo político, magistrados permitem que sejam questionadas a imparcialidade e a justiça de suas decisões. É o que está acontecendo no caso de Lula", comentou Alencar.
Imagens para texto

leia mais

Read More »

PF vasculha casa de governador do TO e gabinete de esposa na Câmara

Categoria: 

Justiça

Foto: Marcelo Miranda/Facebook

Jornal GGN - A Polícia Federal deflagrou nesta quarta (13) a sexta fase da Operação Ápia, que apura um suposto esquema d fraude em licitações e contratações públicas que teria desviado cerca de R$ 850 milhões no Tocantins. Segundo informações da corporação, foram alvos de busca e apreensão a casa do governador Marcelo Miranda (PMDB) e os gabinetes de Carlos Gaguim (Podemos) e de Dulce Miranda (PMDB), ambos deputados federais. Dulce e Marcelo são casados.

Imagens para texto

leia mais

Read More »

Com julgamento de Lula em vista, delação da Odebrecht começa a ser questionada

Categoria: 

Justiça
 
 
Jornal GGN - Um dia após noticiar que o julgamento de Lula em segunda instância foi marcado para janeiro de 2018, a Folha de S. Paulo decidiu publicar uma reportagem que diz estar apurando há 3 meses, sobre crimes que a Odebrecht omitiu em seu acordo de delação premiada. O texto mostra que os executivos da empreiteira mentiram sobre superfaturamento em dezenas de obras - incluindo Rodoanel, em São Paulo - fazendo o leitor imaginar quais outros fatos relatados no acordo foram comprometidos pelos interesses da empresa.
 
A princípio, parece que Folha iniciou um movimento tímido para desqualificar a delação da Odebrecht justamente quando a condenação de Lula no Tribunal Regional Federal da 4ª Região promete sair no próximo mês. Mas a ideia, aparentemente, é não criar problemas para a Lava Jato, já que os questionamentos não abrangem relatos escandalosos - como os que foram feitos por Rodrigo Tacla Duran, sobre a delação da empreiteira e o modus operandi dos procuradores de Curitiba. 
Imagens para texto

leia mais

Read More »

Julgamento de Lula será feito antes do Supremo rediscutir prisão em 2ª instância

Categoria: 

Justiça
Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - Um dia após noticiar que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região já marcou o julgamento de Lula no caso triplex, Mônica Bergamo aponta, nesta quarta (13), que os desembargadores tiveram um motivo especial para acelerar a apreciação do recurso do petista: a rediscussão, no Supremo Tribunal Federal, da prisão a partir de condenação em segunda instância.
Imagens para texto

leia mais

Read More »