terça-feira , janeiro 16 2018
Breaking News

Recent Posts

A direita anunciou o fim do ciclo sem contar com o retorno de Cristina


Depois de duas vitórias em 20 anos – Mauricio Macri na Argentina e o Legislativo na Venezuela – a direita latino-americana já considerava uma virada do jogo na região. Mas o retorno de Cristina Kirchner, ao anunciar sua candidatura ao Senado e o lançamento de uma coalizão de esquerda, parece desestabilizar novamente as peças do xadrez.

Por Mariana Serafini

Read More »

Nuevos pozos a la fuerza

argentina.jpg
Foto: Telam

Las comunidades mapuches marcharon hasta la sede de Gendarmería en el centro de Neuquén. 

 

Unos cien gendarmes tomaron las tierras de la comunidad Campo Maripe en Neuquén y escoltaron a las cuadrillas de YPF para intentar realizar trabajos de fracking en Loma Campana. La Confederación Mapuche denunció la militarización del lugar.

 

Read More »

“Vai ser curioso ver petistas votarem contra a denúncia de Temer”, diz Helena Chagas

Categoria: 

Análise
Foto: Beto Barata/PR
 
 
Jornal GGN - A jornalista Helena Chagas publicou artigo em Os Divergentes, nesta segunda (26), apontando que parte da bancada do PT deve votar contra a denúncia da Lava Jato contra Michel Temer porque, segundo as últimas pesquisas Datafolha, Lula vem crescendo em cima do desgaste do atual presidente.
 
"Vai ser muito, muito curioso mesmo, ver os petistas, em sessão aberta e televisionada da Câmara, votarem contra a denúncia de Michel Temer", disse.

leia mais

Read More »

Salvar el agro requiere nueva propuesta política

panama.jpg

El veto del presidente Varela a la ley que reforma la Autoridad Panameña de Seguridad de Alimentos (AUPSA), entidad que ha sido la responsable de las importaciones masivas que están hundiendo a los productores agropecuarios nacionales demuestra que este gobierno, como los anteriores, responde a los intereses un puñado de comerciantes importadores.

 

Read More »

La carrera por desmantelar PEMEX

pena_nieto.jpg
Foto:CELAG

El declive productivo planificado desde el ejecutivo de la semiestatal Petróleos Mexicanos (PEMEX) ha sido utilizado como excusa para propulsar su privatización. A medio andar, hoy el país se perfila como un proveedor estratégico de crudo y otras formas de energía a otras naciones, aunque esto es a costa de la soberanía nacional y la pérdida del control del principal sector estratégico del país.

Read More »

Moro vê “ameaça” em delação de Palocci e o condena a 12 anos de prisão

Categoria: 

Justiça

Foto: Reprodução

Jornal GGN - Ao condenar Antonio Palocci a poucos mais de 12 anos de prisão por corrupção envolvendo a Odebrecht, o juiz Sergio Moro apontou que a proposta de delação do ex-ministro parece muito mais com uma "ameaça" do que com uma "declaração sincera de que pretendia colaborar". Como fez com Eduardo Cunha, Moro tentou esvaziar o protagonismo das delações.

No episódio com Cunha, Moro impediu que Michel Temer recebesse as perguntas enviadas pela defesa do ex-deputado, que foram interpretadas, por grande parte da imprensa, como um roteiro de delação. À época, Moro também encarou as questões como uma "ameaça" por parte de Cunha. Com Palocci, a situação se repete, a despeito do aparente interesse do Ministério Público Federal em fazer a negociação com o ex-ministro petista avançar.

leia mais

Read More »

Uma visão heterodoxa dos problemas do desenvolvimento brasileiro, por André L. Campedelli e Antônio C. Lacerda

Categoria: 

Análise

Em oito capítulos, as análises de 11 economistas buscam fazer uma radiografia da realidade econômica brasileira, abordando temas como desindustrialização, as políticas ortodoxas de combate à inflação e as altas taxas de juros

do Brasil Debate

Uma visão heterodoxa dos problemas do desenvolvimento brasileiro

por André Luis Campedelli e Antônio Correa de Lacerda

Organizado por Antônio Correa de Lacerda, o livro “Desenvolvimento Brasileiro em Debate” busca discutir os atuais problemas da economia brasileira, sob uma ótica crítica, a partir de uma visão heterodoxa do problema, tentando entender os motivos que levaram o país à atual situação econômica.

capalivrodesenvolvimentoOKO livro reflete parte das pesquisas desenvolvidas no âmbito do Grupo de Pesquisa sobre Desenvolvimento Econômico e Política Econômica, do Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (FEA-PUC-SP) e do Programa de Estudos Pós-graduados em Economia Política. Sua publicação contou com apoio do Plano de Incentivo a Pesquisa (PIPEq), da PUC-SP.

Organizado em oito capítulos que se completam, o objetivo é espelhar uma radiografia da realidade econômica brasileira a partir das pesquisas realizadas.

O primeiro capítulo, “A crise financeira internacional do subprime e seus impactos”, de André Paiva Ramos, analisa os principais fatores que resultaram na crise, seus desdobramentos em nível internacional e as principais medidas econômicas adotadas por alguns países para combater os impactos negativos dessa crise.

O segundo capítulo, “Desindustrialização abismo abaixo: dependência cambial e abandono das políticas de competitividade no Brasil”, escrito por Rodrigo Hisgail Nogueira, aborda políticas econômicas implementadas nos últimos anos no Brasil, com destaque para a política cambial, que levou à perda de competitividade comprometendo o potencial industrial brasileiro e gerando efeitos negativosna industrialização no país.

leia mais

Read More »

La posverdad y el blues de las noticias falsas

falso_obama.png

El 30 de octubre de 1938, Orson Welles se convertía en leyenda gracias a la dramatización que hizo en la radio de la obra de H. G. Wells, La guerra de los mundos. Acompañado por el elenco de la compañía teatral Mercury, Welles realizó en el programa de 59 minutos la transmisión de un suceso ficticio que, sin embargo, aterrorizó a los radioescuchas: la invasión, por parte de extraterrestres, al territorio de Estados Unidos.

Read More »

Sauditas querem tornar Catar um protetorado


A Arábia Saudita e os seus aliados enviaram uma lista de 13 exigências ao Catar para levantar o bloqueio terrestre, aéreo e marítimo ao país, que sãio classificadas como inaceitáveis, irrazoáveis e uma violação à soberania.  

Read More »

As multinacionais não pagam o que é justo


Reformas que desestruturam o Estado Social de direitos, sistema tributário regressivo, desregulamentação das relações de trabalho e precarização dos serviços públicos. O que estas coisas têm a ver com a globalização econômica e com os mecanismos de sonegação fiscal das transnacionais através dos paraísos fiscais?

Por Grupo de Trabalho de Justiça Fiscal da Rede Brasileira pela Integração dos Povos

Read More »

La primavera democrática guatemalteca, aquel “foco de irradiación antiimperialista”

Las efemérides siempre constituyen momentos propicios para mirar hacia el pasado. Otro 27 de junio se acerca y esta no parece ser la excepción. Como sabemos, no se trata de una fecha más en la historia reciente de Guatemala. Aquel día del año 1954 el presidente constitucional, coronel Jacobo Arbenz, leyó en un sentido discurso emitido por radio, su recordada renuncia como mandatario de la República. Es entonces una fecha dolorosa, traumática, de derrota, humillaciones y persecuciones.

Read More »

Procurador do Rio destrói mentiras de Barroso sobre processos trabalhistas no Brasil

Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF (21/05/2014) Em posts anteriores sobre o tema, alguns internautas disseram que eu não deveria ser tão severo com Barroso. Que eu exagerava a chamá-lo desonesto apenas por discordar de sua opinião. Ora, um ministro do STF que viaja a Londres para divulgar números falsos sobre a reforma trabalhista de Michel Temer, num momento como esse vivido pelo Brasil, é o que? Eu poderia ser mais delicado, concordo, e dizer que Barroso não é desonesto: é antes um covarde e um idiota. Covarde, porque a sua necessidade de proferir discursos alinhados com a Globo só pode nascer da […]

O post Procurador do Rio destrói mentiras de Barroso sobre processos trabalhistas no Brasil apareceu primeiro em O Cafezinho.

Read More »

No Mato Grosso, chefe da Casa Militar é preso por grampos clandestinos

Categoria: 

Segurança Pública
taques-lesco.png
 
Coronel Evandro Lesco ao lado do governador Pedro Taques (PSDB) (Foto: Gcom-MT)
 
Jornal GGN - Em Cuiabá (MT), os coronéis Evandro Lesco e Ronelson Barros, respectivamente secretário-chefe e o secretário-adjunto da Casa Militar, foram presos preventivamente por suspeita de envolvimento em um esquema de grampos clandestinos no Núcleo de Inteligência da Polícia Militar. 
 
Também foram presos o tenente-coronel Januário Antônio Edwiges Batista, comandante do 4º Batalhão da PM em Várzea Grande, e o cabo Euclides Luiz, que estava cedido ao Gaeco (Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado). 
 
O governador matogrossense, Pedro Taques (PSDB), afastou provisoriamente os dois secretários até que as investigações apontem qual a participação dos PMs nos grampos clandestinos. A gestão estadual disse que os secretários “gozam de total confiança do governo”, aponta que as investigações estão no começo.

leia mais

Read More »

Vereadores de Curitiba fogem da Câmara pra votar contra servidores

Sessão da câmara municipal foi transferida para Pedreira Paulo Leminsky, cercada desde a madrugada por centenas de policiais para impedir manifestações de servidores contrários à aprovação do “pacotaço” do prefeito Greca    Por Redação   Foto: Reprodução vídeo Brasil de Fato-PR     Em Curitiba, a Pedreira Paulo Leminski amanheceu cercada por centenas de policiais da tropa …

The post Vereadores de Curitiba fogem da Câmara pra votar contra servidores appeared first on Portal Fórum.

Read More »

O velho conhecido e o bilhete premiado, por Carlos Motta

Categoria: 

Crônica

O velho conhecido e o bilhete premiado

por Carlos Motta

A pequena, religiosa e conservadora Serra Negra, interior de São Paulo, onde moro, tem apenas duas casas lotéricas no Centro. 

Uma delas está sempre cheia, muitas vezes com fila na calçada, prova de que as pessoas acreditam que a vida delas pode mudar num instante, não importa o quanto humildes, pobres e desesperadas elas sejam.

Gente de todo o tipo vai fazer a sua fezinha: até os que são vistos como bem-sucedidos aguardam com paciência a sua hora de entregar à moça do outro lado do vidro o seu volante da Mega-Sena, o jogo mais comum e generoso, ou mesmo da Lotofácil, de prêmio inferior, mas de maior probabilidade de acerto.

Outro dia vi um velho conhecido bem no meio da fila.

Ele parecia mais cansado, mais acabado, dava até para perceber algumas olheiras em seu rosto de traços fortes e duros. 

leia mais

Read More »