quarta-feira , janeiro 17 2018
Home / Noticias / Stephen Hawking compara depressão a buracos negros e aponta uma saída

Stephen Hawking compara depressão a buracos negros e aponta uma saída

Montagem com Hawking e a Terra ao fundo, como que na sua janela

O famoso físico teórico inglês Stephen Hawking fez um curioso comentário no domingo passado durante a conferência sobre depressão no Royal Institute de Londres (Reino Unido).

"A mensagem desta conferência é que os buracos negros não são tão negros como se diz, eles não são as prisões eternas que se acreditava ser", disse o cientista. "As coisas podem sair de um buraco negro e, possivelmente, para um outro universo. Então, se você sente que está em um buraco negro, não ceda. Existe uma saída", concluiu.

Durante a conferência, que contou com a presença de cerca de 400 pessoas, Hawking também falou sobre as realizações que conseguiu ao longo de sua vida e, em particular, desde que foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica em 1963.

"Tive a sorte de trabalhar na física teórica em um momento fascinante. Além do mais, é uma das poucas áreas em que minha deficiência não era uma desvantagem importante", disse o cientista.

Hawking, que completou 76 anos em 8 de janeiro, também recomendou não cair na frustração.

"É essencial não se irritar, não importa o quão difícil nossas vidas possam parecer, porque podemos perder toda a esperança se não pudermos rir de nós mesmos e da vida em geral", disse ele na cerimônia. [Fonte: RT]



Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

About Antonio Mello