sexta-feira , dezembro 15 2017
Home / Tag Archives: Área do Colunista

Tag Archives: Área do Colunista

Jorge Bermudez: população ficará sem medicamentos e assistência farmacêutica com fechamento das farmácias populares

Categoria: 

Debate

do CEE-Fiocruz

Jorge Bermudez: população ficará sem medicamentos e assistência farmacêutica com fechamento das farmácias populares

A decisão do Governo Federal de fechar as 367 unidades próprias da rede Farmácia Popular do Brasil, parte do Programa de Atenção Básica do Sistema Único de Saúde, e repassar os R$ 100 milhões de seu orçamento diretamente para os municípios comprar medicamentos foi duramente criticada pelo sanitarista Jorge Bermudez, pesquisador da Ensp/Fiocruz e integrante do Painel de Alto Nível em Acesso a Medicamentos das Nações Unidas.

Para Bermudez, a medida é mais um golpe contra o SUS e representa enorme retrocesso, sobrecarregando ainda mais o sistema, com internações e outros atendimentos que poderiam ser evitados se o amplo acesso a medicamentos se mantivesse garantido. Esse acesso se dá pelas farmácias populares, não em outras unidades, como os postos de saúde. 

leia mais

Read More »

Renato Teixeira, o arauto popular, por Aquiles Rique Reis

Categoria: 

Música

Renato Teixeira, o arauto popular

por Aquiles Rique Reis

A diversidade de gêneros musicais existentes no Brasil é quem faz da nossa música a melhor do mundo. Dito isto, por favor, venham comigo, leitorores: o samba carioca nasceu na Bahia; bem como o frevo baiano nasceu em Pernambuco; os temas musicais existentes nas áreas interioranas, embora sigam florescendo, são pouco conhecidos por grande parte de nossa gente (eu inclusive); a riqueza do cancioneiro das áreas ditas caipiras ou sertanejas se manifesta através de uma música tão popular que identifica e representa todo o povo do interior brasileiro.

Digo isso após prazerosas audições de um CD que traduz com fineza o jeito rural de compor, tocar e cantar: Terra de Sonhos – Renato Teixeira & Orquestra do Estado de Mato Grosso (Kuarup).

Imagens para texto

leia mais

Read More »

Quem matou JK?, por Urariano Mota

Categoria: 

Artigos

Qem matou JK?

por Urariano Mota

Em outubro de 2013, publiquei texto com o título acima. Nele, escrevi:

“Motorista envolvido em acidente de JK diz que recebeu oferta para assumir a culpa. O motorista do ônibus envolvido no acidente que matou o presidente Juscelino Kubitschek, em agosto de 1976, disse em depoimento à Comissão da Verdade da Câmara Municipal de São Paulo nesta terça-feira (1º) que recebeu oferta com uma mala de dinheiro para que assumisse na época a culpa da tragédia.

leia mais

Read More »

Fernando Horta: Do umbigo à tirania, o Brasil dos justiceiros

Categoria: 

Opinião

Do umbigo à tirania, o Brasil dos justiceiros

por Fernando Horta

O Lawfare, o uso da lei para ataques políticos, é muito antigo.

O primeiro caso que eu conheço é com Amenófis IV, em 1300 a.C, no Egito. Naquela época, a lei estava ligada à fé e à vontade do faraó. Muito semelhante ao momento atual brasileiro. Amenófis IV, percebendo a força política dos sacerdotes dentro do politeísmo egípcio, transforma abruptamente a religião nas terras do Nilo em uma Monolatria. Amenófis ordenou que apenas o deus Aton fosse cultuado e trocou seu próprio nome para Ankh-Aton, que o ocidente moderno traduziu para Akenaton, “o adorador de Aton”. A mudança não se deu necessariamente por questões religiosas, já que Aton era cultuado anteriormente. A troca se dá por questões políticas, com o faraó usando da nova lei para prender, punir e desarticular os sacerdotes que a ele não se submetessem.

leia mais

Read More »

Divagações veterinárias sobre a reforma escravocrata da CLT, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Categoria: 

Direitos

Divagações veterinárias sobre a reforma escravocrata da CLT

por Fábio de Oliveira Ribeiro

A entrada em vigor da reforma trabalhista já começou a produzir distorções. Empresas estão demitindo seus empregados para recontratá-los em caráter precário. As jornadas de trabalho aumentaram em razão das novas regras, o pagamento de extras se tornou uma exceção. Os intervalos para refeição estão sendo reduzidos sem qualquer compensação pecuniária. Trabalhadores estão sendo contratados para realizar jornadas intermitentes recebendo menos que o Salário Mínimo. Trabalhos antes considerados inadequados poderão ser realizados por crianças e gestantes.

A cobrança dos laudos periciais inclusive nos casos de assistência jurídica gratuita está inibindo o ajuizamento de ações que tenham por objeto danos morais derivados de doenças e acidentes de trabalho e/ou pedidos de adicionais de insalubridade e periculosidade. A imprensa já noticiou vários casos de condenações de trabalhadores a pagar valores absurdos de honorários de sucumbência.

leia mais

Read More »

Fagnani contesta estudo do governo que afirma que jovens terão que pagar mais impostos para zerar déficit da Previdência

Categoria: 

Política Fiscal

do CEE-Fiocruz

Fagnani contesta estudo do governo que afirma que jovens terão que pagar mais impostos para zerar déficit da Previdência

O economista Eduardo Fagnani, professor do Instituto de Economia da Unicamp, contestou os dados de um estudo do Governo Federal divulgado com destaque pelo jornal O Globo, em 29/11/2017, que estampou em manchete a afirmação de que “sem reforma, previdência custará R$ 110 mil a cada jovem”.

Para ele, o discurso de que há um enorme déficit na Previdência Social se baseia no desrespeito às regras de financiamento estabelecidas pela Constituição Federal de 1988: “O que está sendo apontado como déficit é a parte do governo, prevista no art. 195 da Constituição Federal que não é repassada para a Previdência.” 

leia mais

Read More »

Nem tão sabático assim, em recuperação, por Rui Daher

Categoria: 

Opinião

Nem tão sabático assim, em recuperação

por Rui Daher

Cacete! Peço e prometo um mês sabático nas escritas e já me entrego. Precisava dedicar-me a fechar o ano do meu ganha-pão, pelo menos, no ponto de equilíbrio. Cheguei perto, mas não o consegui. Meus investidores, à direita, se despediram (ou a mim – não cheguei ainda a uma conclusão). À esquerda, como nunca usei pseudônimos, dizem que bati de frente. A ninguém importa os interesses negociais e profissionais e meu ideário político. Como poetou Geraldo Vandré, não misturo dor (negócios) com amor (política). Também que não me cobrem o fato de as escritas abusivas neste GGN, na CartaCapital, e no “Dominó de Botequim”, não darem camisa a ninguém e não receber convite para uma camiseta impressa com um cifrão. Faço o que gosto.

Se preferem o modelo clássico, leiam Roberto Rodrigues ou Ronaldo Caiado, incomparáveis, mas saibam: num lerão murais de louvação; noutro interesses ruralistas inconfessos.

leia mais

Read More »

Trump inventou a “Meta-False Flag” em explosão de Nova York?, por Wilson Ferreira

Categoria: 

Mídia

por Wilson Ferreira

À primeira vista a explosão de uma bomba caseira atada ao corpo de um homem em estação de ônibus e metrô em Nova York parece ser mais do mesmo: um não-acontecimento (aqueles fatos que são relações públicas de si mesmos) com timing, ambiguidades, anomalias, a indefectível narrativa do “lobo solitário” etc. E um homem que se explode “acidentalmente” e sobrevive apresentando um aspecto de um personagem de desenho animado chamuscado. Mas Donald Trump deu o toque de novidade: imediatamente após o suposto atentado, um tweet no qual o próprio presidente sugere que o episódio foi uma “fake news”, atacando os canais CNN e MSNBC. Uma curiosa “Meta-False Flag”? Por que Trump acusa de “fake news” um episódio no qual saiu ganhando? Para a grande mídia, o “atentado” foi retaliação contra o anúncio da transferência da embaixada dos EUA para cidade santa de Jerusalém. Ou mais um “não-acontecimento”, desta vez com objetivo de desviar a atenção da opinião pública da derrota norte-americana diante da tática de dissuasão nuclear da Coréia do Norte?

leia mais

Read More »

2018 e o quarto turno de 2014 que não vai terminar, por Bruno Lima Rocha

Categoria: 

Análise

2018 e o quarto turno de 2014 que não vai terminar

por Bruno Lima Rocha

É tarefa difícil projetar o ano de 2018, sendo que o corrente ano não terminou e ainda pelo fato de vivermos o prolongamento do terceiro turno das eleições presidenciais de 2014. Mas, como o tema eleitoral está judicializado (a começar pelo julgamento do ex-presidente Lula, marcada a segunda instância no TRF-4 em 24 de janeiro) e as possibilidades das urnas através da democracia indireta dependem de manobras do Supremo (caso, por exemplo, o ex-presidente hipoteticamente condenado venha a recorrer, dentre outras variáveis); acórdãos de última hora (através de um xeque mate do semiparlamentarismo, não de fato, mas na forma da “lei”); legislação em causa própria das regras eleitorais pelo Congresso (como o autofinanciamento sem limite ou a permissividade de participação de empresas estrangeiras na campanha cibernética); cabe antever aquilo que já está observável. Parece lugar comum, mas o fato é que o Brasil está vivendo um trauma difícil de cicatrizar.

leia mais

Read More »

A volta dos cascateiros!, por João Feres Júnior

Categoria: 

Opinião

A volta dos cascateiros!

por João Feres Júnior

Outro dia ouvia o programa de jornalismo-comédia de Seth Meyers quando ele anunciou que os senadores republicanos se apressavam para passar uma reforma tributária que vai cortar os impostos das grandes empresas e dos muito ricos, enquanto aumentará o imposto pago pela classe média e pelos pobres no médio prazo. Trump trombeteia em seu estilo histriônico e oligofrênico que a redução dos impostos proposta por seu partido será enorme, a maior de todos os tempos, escondendo o fato de que ela é altamente regressiva – ainda por cima cancela um imposto que é fonte de financiamento do programa de saúde de Obama, deixando milhões sem assistência médica. 

Ao fazer isso, o presidente estadunidense comete mais um estelionato eleitoral. Os brancos pobres e a classe média branca ignorante que votou em Trump estão entre os setores que mais perderão com a reforma tributária dos republicanos.

leia mais

Read More »