sexta-feira , dezembro 15 2017
Home / Tag Archives: poesia

Tag Archives: poesia

África: luta de libertação na poesia de Craveirinha

Moçambicano, filho de mãe africana e pai português, José Craveirinha foi um gigante poeta militante. Sua obra tem enorme relevância na história de seu povo, visto que retrata de forma sensível em sua poesia as transformações no pensamento da intelectualidade moçambicana e as ideias que muniram a luta pela libertação nacional do julgo imperialista de Portugal.

- 08-12-2017 / , , , , ,

Read More »

sou aço, um sal grosso, borborema, por romério rômulo

Categoria: 

Literatura

Obra de Kandinsky

sou aço, um sal grosso, borborema

por romério rômulo

 

quando a noite me embala e eu viro vidro 

quando a noite me embala e eu viro porto

quando a noite me embala e eu oxido

 

sou aço, um sal grosso, borborema

em estado perfeito de paixão.

 

o que importa a mim que a carne trema?

Imagens para texto

leia mais

Read More »

Poema sobre a “cura gay”

Entre minhas pernas Veja bem... Não se trata de ferida O que vês, perceba É um espaço entre a morte e a vida.
***
Acordei num domingo cinza Manhã escura, chuva fina Ao som das sirenes Caminhei até a janela Avistava os de branco Subindo a escadaria Rumo ao meu edifício Pensei: Alguém precisa de ajuda Toca a campainha Assutei-me com o estrondo Da porta que partia. Estava nua, constrangida. Fui gritar, no vazio do céu da boca Preencheram com um pano azedo Me amarraram Só rezava, afinal o que (...)

- 27-09-2017 / , , , , ,

Read More »

‘Heartstone’ aborda homofobia e machismo de forma poética

Descobertas sexuais, homofobia e machismo viram poesia em 'Heartstone'. Filme do islandês Gudmundur Arnar Gudmundsson aborda a amizade e o difícil amadurecimento de dois adolescentes de um pequeno vilarejo, onde tudo e todos têm de se encaixar nos padrões sociais locais

O post ‘Heartstone’ aborda homofobia e machismo de forma poética apareceu primeiro em Pragmatismo Político.

Read More »

em treva tão escura que amargasse, por romério rômulo

Categoria: 

Literatura

em treva tão escura que amargasse

por romério rômulo

 

se a vida me rompesse e me rasgasse

em terras onde vivo e não escolho

em treva tão escura que amargasse

em reino tão cruel que me recolho

 

se a vida me escolhesse e me matasse

eu beberia a água do teu olho.

leia mais

Read More »