terça-feira , agosto 22 2017
Home / Tag Archives: Sergio Moro

Tag Archives: Sergio Moro

Juiz Sergio Moro recebeu 102 mil salário (o triplo do que poderia) e devolve meros R$9,00

No Twitter, o repórter do Valor Econômico Ricardo Mendonça, divulgou informações a respeito dos vencimentos do Juiz Sergio Moro, constatando que o juiz tem recebido um salário muito acima do teto constitucional.

- 22-08-2017 / , ,

Read More »

Moro recebeu salário de R$ 102 mil e só devolveu R$ 9,00

Categoria: 

Justiça

Foto: Lula Marques/PT

Jornal GGN - O repórter Ricardo Mendonça, do Valor Econômico, resgatou em sua página pessoal no Twitter uma informação a respeito dos vencimentos do juiz Sergio Moro, após outros profissionais de imprensa apontarem que os procuradores de Curitiba têm recebido salário acima do teto constitucional, que é de R$ 33,7 mil.

Mendonça publicou uma imagem que mostra que só em dezembro de 2016, Moro recebeu R$ 102 mil e devolveu aos cofres públicos apenas R$ 9,00, por entender que esse é o valor que extrapolou o teto.

"Moro recebeu R$ 102.151,58 em dez/16. E devolveu R$ 9,14 por entender que era a parte que excedia o teto constitucional. NOVE REAIS", exclamou o repórter. "O teto é R$ 33,7 mil, máximo que um servidor deveria receber. Mas na conta, muitos desconsideram indenizações, auxílio-moradia, creche, refeição...", explicou.

Para Mendonça, a "matemática", de qualquer forma, não faz "sentido", se considerado o artigo 37 da Constituição.

leia mais

Read More »

Lula tem que parar com “especulações” e ter “fé” nos procuradores, aponta Moro

Categoria: 

Justiça
 
Jornal GGN - O juiz Sergio Moro negou um pedido da defesa de Lula para ter acesso às comunicações trocadas entre os procuradores de Curitiba e o Ministério Público Suíço. Os advogados do ex-presidente suspeitam que os procuradores dificultam o acesso ao sistema que teria registrado pagamentos de propina da Odebrecht porque isso desmontaria as acusações contra o petista por falta de provas.
 
A força-tarefa já havia dito a Lula e Moro que não teve acesso integral ao sistema. Um delator da Odebrecht também teria afirmado que perdeu a chave que dá acesso ao programa. Mas a defesa do ex-presidente observou que essa desculpa só surgiu depois de manifestado o interesse do petista em saber mais sobre o MyWebDay.
 
Em resposta ao pedido feito na última sexta (18), Moro negou o pedido alegando que não pode satisfazer as "especulações" da defesa de Lula, e ainda disse que a afirmação dos procuradores de que não tiveram acesso ao sistema "merece fé".

leia mais

Read More »

Antes de anunciar doação a Lula, socialite teve bens bloqueados para pagar dívida

Categoria: 

Justiça

Foto: Reprodução/Facebook

Jornal GGN - O processo em que Roberta Luchsinger foi condenada a pagar R$ 62 mil a uma loja de móveis já foi encerrado sem mais direito a recursos e o juiz Felipe Albertini Nani Viaro, inclusive, já havia ordenado a "indisponibilidade dos ativos financeiros" com o objetivo de garantir o pagamento da dívida. Somente depois que Roberta sinalizou que faria uma doação de R$ 500 mil em dinheiro e objetos de grife a Lula é que o magistrado determinou que a socialite fique impedida de fazer ações desse tipo, até que se resolva a pendência com a Justiça.

leia mais

Read More »

Odebrecht só disse que perdeu chave do sistema de propina após Lula pedir acesso

Categoria: 

Justiça

Foto: Ricardo Stuckert

Jornal GGN - A defesa de Lula informou nesta quinta (17) que entrou com um pedido junto ao juiz Sergio Moro para obrigar a equipe do procurador Deltan Dallagnol a revelar as mensagens trocadas com o Ministério Público suíço a respeito do sistema My Web Day, usado pela Odebrecht para registrar pagamentos de propina. Na nota, o advogado Cristiano Zanin levanta suspeitas sobre a história de que a turma de Dallagnol não teve acesso ao sistema porque a Odebrecht perdeu a chave.

De acordo com o informe, a Odebrecht e o MPF só deram a desculpa de que não têm mais acesso à íntegra do material que foi encontrado na Suíça 5 dias após a defesa de Lula pedir para conhecer as informações que constam no sistema. A estratégia de Zanin é mostrar que no My Web Day não tem nenhuma propina endereçada a Lula, ao contrário do que afirma a força-tarefa da Lava Jato.

leia mais

Read More »

Odebrecht só disse que perdeu chave do sistema de propina após Lula pedir acesso

Categoria: 

Justiça

Foto: Ricardo Stuckert

Jornal GGN - A defesa de Lula informou nesta quinta (17) que entrou com um pedido junto ao juiz Sergio Moro para obrigar a equipe do procurador Deltan Dallagnol a revelar as mensagens trocadas com o Ministério Público suíço a respeito do sistema My Web Day, usado pela Odebrecht para registrar pagamentos de propina. Na nota, o advogado Cristiano Zanin levanta suspeitas sobre a história de que a turma de Dallagnol não teve acesso ao sistema porque a Odebrecht perdeu a chave.

De acordo com o informe, a Odebrecht e o MPF só deram a desculpa de que não têm mais acesso à íntegra do material que foi encontrado na Suíça 5 dias após a defesa de Lula pedir para conhecer as informações que constam no sistema. A estratégia de Zanin é mostrar que no My Web Day não tem nenhuma propina endereçada a Lula, ao contrário do que afirma a força-tarefa da Lava Jato.

leia mais

Read More »

Lula cresce em pesquisas de “esquerda” e “direita” após condenação

No espaço de 10 dias, duas pesquisas sobre a eleição presidencial de 2018 mostram que a condenação de Lula por Sergio Moro fez o petista ganhar votos. Mas o mais interessante é que são duas pesquisas consideradas de vieses distintos. Vox Populi é vista como "petista" e Datapoder 360 como "antipetista". Ambas mostram que Moro ajudou Lula condenando-o sem provas. E mostram esquerda crescendo em 2018. Confira

Read More »

Cuidadoso com Temer, Moro pediu investimentos à sua força-tarefa de Curitiba

Categoria: 

Justiça

Foto: Reprodução
 
Jornal GGN - O juiz da Lava Jato de Curitiba, Sérgio Moro, negou que tenha interesse em se candidatar às eleições, mas opinou sobre decisões parlamentares e, inclusive, sobre a reforma política em tramitação no Congresso, como a forma de financiamento das campanhas eleitorais. "A profissão política é uma das mais belas, mas eu não teria o perfil", disse Moro durante evento promovido pela rádio Jovem Pan.
 
"Já disse mais de uma vez e reitero quantas vezes forem necessárias que não sou candidato, não serei candidato", insistiu o magistrado do Paraná, pontuando em seguida o que ele defende ou não dentro do sistema político e, apesar de colocar como um figurativo opositor da política, defendeu que apesar imagem pejorativa que ela carrega - sobretudo desde os avanços da Operação Lava Jato - é uma das profissões "mais belas", sendo preciso, contudo, ter "o perfil" para aderir.
 
Disse que, na forma como está sendo feita hoje a reforma política "não é uma verdadeira reforma". "Há uma tendência de quem está dentro do sistema, de quem tem um cargo, queira continuar dentro, e queira deixar fora quem está fora. Então, o financiamento público, por bem intencionado que seja, tem que ser muito bem pensado para evitar esse tipo de problema", posicionou-se.

leia mais

Read More »

Cuidadoso com Temer, Moro pediu investimentos à sua força-tarefa de Curitiba

Categoria: 

Justiça

Foto: Reprodução
 
Jornal GGN - O juiz da Lava Jato de Curitiba, Sérgio Moro, negou que tenha interesse em se candidatar às eleições, mas opinou sobre decisões parlamentares e, inclusive, sobre a reforma política em tramitação no Congresso, como a forma de financiamento das campanhas eleitorais. "A profissão política é uma das mais belas, mas eu não teria o perfil", disse Moro durante evento promovido pela rádio Jovem Pan.
 
"Já disse mais de uma vez e reitero quantas vezes forem necessárias que não sou candidato, não serei candidato", insistiu o magistrado do Paraná, pontuando em seguida o que ele defende ou não dentro do sistema político e, apesar de colocar como um figurativo opositor da política, defendeu que apesar imagem pejorativa que ela carrega - sobretudo desde os avanços da Operação Lava Jato - é uma das profissões "mais belas", sendo preciso, contudo, ter "o perfil" para aderir.
 
Disse que, na forma como está sendo feita hoje a reforma política "não é uma verdadeira reforma". "Há uma tendência de quem está dentro do sistema, de quem tem um cargo, queira continuar dentro, e queira deixar fora quem está fora. Então, o financiamento público, por bem intencionado que seja, tem que ser muito bem pensado para evitar esse tipo de problema", posicionou-se.

leia mais

Read More »